iStock_000033842882_Medium

Como surgiu o Dia Internacional da Mulher?

 

Você já deve ter se perguntado, qual a origem do Dia Internacional da Mulher? O que essa data significa? O que podemos aprender com ela?

Essas perguntas são bastante comuns na infância, quando temos na escola o primeiro contato com esse dia. Para os pequenos pode ser difícil compreender o contexto histórico e as lutas que permeiam a data, mas é de extrema importância que todos saibam o porquê este dia é celebrado.

Ao contrário do que se costuma contar, a tragédia que vitimou centenas de mulheres em uma fábrica têxtil nos Estados Unidos, em 1911, não aconteceu no dia 8 de março e não foi a principal causa para a criação do Dia Internacional da Mulher. A luta pelos direitos das mulheres começou no final do século 19, quando milhares de mulheres operárias reivindicavam a redução na jornada de trabalho, que chegava a 15 horas diárias, melhores salários e condições de trabalho.

A primeira resolução para a celebração do Dia Internacional da Mulher foi proposto pela líder socialista alemã Clara Zebrino, na II Conferência Internacional de Mulheres Socialistas, na Dinamarca, em 1910. A partir da instituição da data, inicialmente celebrada em maio, as mulheres passaram a lutar ainda mais por seus direitos e protestar para que tivessem uma vida melhor. As reivindicações aumentaram ainda mais com a Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918) e foi neste período, mais especificamente em 8 de março de 1917 (23 de fevereiro no calendário Juliano, adotado pela Rússia até então), que aproximadamente 90 mil operárias russas manifestaram-se contra o Czar Nicolau II contra as más condições de trabalho, a fome e a participação da Rússia na guerra. A data se consagrou, mas foi oficializada como o Dia Internacional da Mulher apenas em 1921.

Apesar disso, foi apenas em 1945 que a Organização das Nações Unidas (ONU) assinou o primeiro acordo internacional que garantia princípios de igualdade entre homens e mulheres. Com o crescimento do movimento feminista, nos anos de 1960, a causa foi ganhando notoriedade e em 1975 foi comemorado o Ano Internacional da Mulher. Em 1997 a ONU reconheceu o 8 de março como o Dia Internacional da Mulher.

Os direitos das mulheres foram por anos ignorados e deixados de lado pela cultura patriarcal da sociedade. Os movimentos feministas ao redor de todo o mundo são peças fundamentais nas lutas e protestos a favor do reconhecimento da mulher como força de trabalho e na garantia de direitos iguais. Embora muito já tenha sido feito, ainda há muito a ser conquistado. Uma sociedade mais justa se faz com respeito aos indivíduos, educação e formação de pensamento crítico para mudar o que não podemos aceitar e entender o que não podemos mudar. Ensinar nossas crianças a respeitar umas as outras e tratar todos de maneira igual é trabalhar para melhorar o ambiente em que vivemos e tornar o mundo um lugar melhor.

“Parabéns, mulher. Este dia é um marco na história e deve ser celebrado durante todo o ano com ações que respeitem seus direitos e conquistas”.

 

07-blog

Natal Encantado Alpha 2015

No último dia 26 de novembro aconteceu o tradicional espetáculo de fim de ano do Alpha. Nossos alunos, do berçário ao terceirão fizeram uma apresentação linda e inesquecível.

Tivemos dança, música, teatro, poesia e toda a magia que somente o Natl proporciona. Foram momentos mágicos no Centro Multiuso de São José. Os pais orgulhosos marcaram presença e fizeram a noite se tornar ainda mais especial.

Temos muitos cliques na galeria. Confira!

Leia mais “Natal Encantado Alpha 2015”

24-blog

Doces ou travessuras? 5 filmes para curtir o Halloween

Já estamos em clima de Halloween! A data conhecida no Brasil como Dia das Bruxas é celebrada principalmente nos países de língua inglesa, mas não passa despercebida por aqui. No dia 31 de outubro as crianças costumam vestir fantasias temáticas que remetam ao ambiente sombrio que marca o Dia das Bruxas e saem pela vizinhança pedindo: trick or treat? Doces ou travessuras?

No cinema a data já foi retratada inúmeras vezes, desde a forma mais tradicional, com bruxas más e ambiente nebuloso e também em animações, com muitas cores e roteiro divertido. Para você entrar no clima junto com a gente, selecionamos 5 filmes que mostram o universo das bruxas de forma divertida.

Leia mais “Doces ou travessuras? 5 filmes para curtir o Halloween”